Introdução à Produção Gráfica – parte 2

produtor_grafico_design_editorial

Cores

Policromia – Quando, em um processo gráfico, o trabalho é impresso em diversas cores a partir de cores básicas. A maioria das imagens são formadas por 4 cores básicas: Ciano(C), Magenta(M)Amarelo(Y) e Preto(K). Esse padrão de cores pode ser encontrada em escalas CMYK (ou Escala Europa), onde cada cor é representada pela porcentagem das cores primárias misturadas. Computadores usam a escala de cor RGB, que é a policromia que resulta em milhões de cores através de processos luminosos. Para a produção gráfica, a paleta de cor RBG deve ser convertida para CMYK para que não haja perda ou distorção de cores.

Outros modelos são a HiFi Color que utiliza 7 cores: As 4 básicas + verde, vermelho e azul violeta e a Hexacromia Pantone que utiliza as 4 cores básicas + laranja e verde bem saturados.

Cores Especiais – Nos programas são chamadas de cores spot. Essas cores especiais são qualquer cor diferente das cores básicas. A escala Pantone é um exemplo de cores especiais.

Especificações de entradas de máquina (Codificação X/Y): Sempre que projetamos um material impresso, devemos descrever na especificação quantas entradas de máquina em cada lado da lâmina serão necessária. Por exemplo:

  • 1/0: Significa que de um lado da lâmina usaremos uma(1) cor, e do outro lado da lâmina, não usaremos tinta(0);
  • 4/1: Significa que de um lado da lâmina usaremos quatro(4) cores, e do outro lado usaremos apenas uma(1) cor;

Processos de impressão

  • Planografia: Matriz plana e através de processos físico-químico de repulsão e atração a tinta é gravada:
    • O Offset Digital se diferencia do Offset por não usar água e a inclusão  de platesetters embutidas na máquina. O CTP (Computer-to-press) é o sistema usado no offset digital. Suas grandes diferenças do DTP(Direct-to-plate) são as chapas e e a gravação da chapa dentro da própria máquina.
    • A Driografia (offset sem água).
    • A Litografia foi o primeiro processo a utilizar a Planografia. Era utilizada uma matriz de pedra polida pressionada contra o papel. Após alguns anos, foi utilizada a matriz de metal.
  • Eletrografia: Matriz plana e através de processos eletrostáticos a tinta é gravada:
    • A Impressão Digital é uma derivação da xerografia. De forma geral, são conhecidas como impressoras laser.
    • A Eletrofotografia utiliza papel eletrostático para torná-lo fotossensível.
    • A Xerografia utiliza uma matriz em papel e foi sendo substituída pela impressão digital, que usa uma matriz digital.
  • Permeografia: Matriz permeável e é através dessa área permeável que a tinta é gravada:
    • A Serigrafia(Silk-screen) utiliza telas de nylon como matriz.
  • Relevografia: Matriz em alto relevo. A tinta é colocada no relevo e depois pressionada no papel:
    • A Flexografia (carimbos) usa matrizes que podem ser de fotopolímeros ou borracha;
    • A Tipografia foi a essência do processo criado por Gutemberg onde pequenos blocos de tipos eram montados para formar a matriz;
    • A Xilografia foi a primeira a permitir a reprodução de originais. Utilizava uma matriz em madeira.
  • Encavografia: Matriz em baixo relevo. A tinta é colocada nos sulcos e transferida ao papel mediante pressão:
    • A Rotogravura era usada em projetos de altas tiragens. A intensidade dos tons está diretamente ligada à profundidade dos pontos;
    • A Água forte. A tinta se aloja nos sulcos feitos pelo ácido nítrico e é transferida para o papel através de pressão;
    • O Talho doce surgiu depois do processo de Água forte e é utilizado até hoje para confecção de matriz para impressos de valores. Permite detalhes microscópicos.
  • Híbrido: Utiliza dois processos, como:
    • A Indigo que usa o processo Offset com matriz eletrostática;
    • A Impressão Eletrostática usa uma malha permeográfica com características eletrográfica. Muito utilizada em embalagens por ter um custo baixo e boa definição;
    • A Letterset utiliza o processo com matrizes em relevo  porém em impressoras offset;
    • A Di-Litho(Litografia direta) é o uso de matriz semelhanta à do offset e produzida em rotogravura.
  • Processos Digitais: Matriz virtual:
    • Plotters são usadas para produção de baixa tiragem de banners e displays(300DPI). Uma característica desse equipamento é que aceita imagens em RGB;
    • Corte Eletrônico são equipadas com facas de precisão para vinil;
    • Plotters eletrostática são usadas em projetos de grandes formatos que exigem maior qualidade de impressão (400DPI);
    • Routers são utilizadas para cortar madeira, alumínio e outros suportes rígidos;
    • Plotters de transferência térmica produzem painéis de grande vivacidade e resistência a intempéries;
    • Jato de tinta líquida é o processo empregado pelas impressoras pessoais de hoje;
    • Jato de tinta sólida também conhecida com processo de mudança de fase, ela emprega a tinta em forma de barras;
    • Transferência Térmica também usada nas impressões pessoais utiliza cera ou plástico em forma de fita;
    • A Sublimação utiliza tintas sólidas que são transferidas via pressão ou ação térmica.

 

texto foi útil(0)Não achei útil esse texto(0)

About Luciano Skorianez

Designer desde 1999. Criei esse blog para disponibilizar estudos e recursos relevantes para todos que trabalham com design.


Leave a Reply